Remédios para curar e eliminar aftas na boca

Compartilha Saúde
[Total: 286    Média: 3.6/5]

O que é uma afta?

As aftas são pequenas úlceras na boca e são um sintoma de estomatite aftosa. As aftas são muito mais dolorosas do que se esperaria de algo de dimensões tão pequenas. No entanto, lembre-se de que uma ou duas semanas a sua afta estará completamente curada e poderá comer, por exemplo, uma laranja, deliciar-se com aperitivos com sal e vinagre, beber um café ou dar um beijo sem remorsos.

A estomatite aftosa é uma doença viral que provoca o aparecimento de aftas dolorosas, elas aparecem em varias partes e muitas vezes em grupo,  como aftas nos  lábios, aftas  nas gengivas e aftas na língua. Estas aftas são brancas ou amareladas, rodeadas por um anel avermelhado, e podem variar desde o tamanho de uma cabeça de alfinete até feridas muito  maiores. Não se sabe exactamente qual a causa desta doença mas pensa-se que um deficiente funcionamento do sistema imunitário possa estar na origem do problema. Um episódio de grande stress ou uma lesão na boca antecedem com frequência um surto de aftas. As aftas recorrentes também podem ser provocadas pela ingestão de certos alimentos.

Remédios casiros para aftas na boca ou labios
Um bom exemplo de aftas no lábio interior

Como curar as aftas ou estomatite aftosa?

Se a dor for de tal forma intensa que nem sequer lhe permite beber água em quantidade suficiente, o melhor será falar com um médico. Também deve consultar o médico se tiver mais de quatro aftas na boca ao mesmo tempo, ou se estas não cicatrizarem num período de duas semanas e se sofre de afatas recorrentes, deve consultar o seu dentista.

Entretanto, para quem sofre de aftas esporadicamente,  ficam aqui algumas formas de aliviar a dor e eliminar as aftas mais depressa.

Remédio caseiro para fechar a ferida das aftas

  • Um tipo de alcaçuz conhecido por alcaçuz desglicirrizado (ADG) também protege a ferida. Poderá encontrar sob a forma de bolachinha mastigáveis em alguns estabelecimentos de produtos naturais; mastigue uma ou duas bolachinhas por dia.
  • A seiva de aloé vera pode proporcionar bastante alívio. Esprema um pouco de gel de uma folha de aloé vera. Seque a afta com algodão ou cotonete e aplique o gel. Repita sempre que quiser.
  • Abra uma cápsula de vitamina E e aplique o conteúdo sobre a afta várias vezes ao dia.

Tratamentos naturais para neutralizar as aftas:

  • Utilize um pouco de leite de magnésia como elixir oral, ou aplique-o sobre a afta três a quatro vezes ao dia. Não engula o leite de magnésia.
  • Aplique uma saqueta de chá molhada sobre a ferida durante 5 minutos. O chá é alcalino, por isso poderá neutralizar os ácidos que tornam as aftas dolorosas. Contém ainda compostos adstringentes que podem ajudar a acalmar a dor.

Dicas para adormecer a área afetada por aftas

  • Experimente um gel de dentição  para bebés; estes geles têm um leve efeito anestesiante.

Combata as bactérias que produzem a estomatite aftosa

  • Deite 1 colher de sopa de água oxigenada a 20 volumes em meio copo de água. Adicione 1 colher de chá de bicarbonato de sódio e 1 colher de chá de sal e mexa até dissolver. Bocheche com esta solução várias vezes ao dia, mas não a engula. A água oxigenada é um desinfectante poderoso e pode evitar que a afta, que é uma ferida aberta, infecte, agravando a dor. Além disso, o bicarbonato de sódio, um alcalino, neutraliza os ácidos, reforçando o alívio.
  • Para acelerar a cicatrização, aplique tintura de hidraste sobre a afta três vezes ao dia, pelo menos uma hora antes das refeições. O hidraste é uma planta com suaves propriedades antibacterianas.
  • Aplique 1 gota de óleo anti-séptico da árvore-do-chá directamente sobre a ferida.
  • Prepare uma infusão de calêndula-hortense. Popularmente designada por maravilha, esta planta é utilizada há séculos para tratar lesões cutâneas, nomeadamente pequenas feridas, gretas ou irritações de pele e picadas de insectos. Deite 1 chávena de água a ferver sobre 1 a 2 colheres de chá de folhas secas de maravilhas. Deixe em infusão durante 10 minutos, coe e deixe arrefecer até o líquido ficar morno. Gargareje e lave com este chá tantas vezes quantas precisar

 

Medidas suplementares contra as aftas

  • Muitos especialistas são de opinião que o aminoácido lisina é necessário para tratar uma carência associada ás aftas. Tome 1000mg de lisina três vezes por dia com o estômago vazio.
  • Pensa-se que a equinácea pode estimular o funcionamento do sistema imunitário. Tome 200 mg desta planta duas ou três vezes por dia logo que sinta que está a formar-se uma afta. Atenção! Se sofre de alguma doença auto-imune, como o lúpus, ou de uma doença progressiva, como a esclerose múltipla ou a tuberculose, não tome equinácea.
  • A vitamina C com flavonóides favorece a cicatrização das úlceras na boca. Os citrinos são uma importante fonte alimentar de vitamina C, mas podem provocar aftas em algumas pessoas. Em alternativa, tome 250 mg de vitamina C e flavonóides (que aumentam a eficácia da vitamina C) três vezes por dia.
  • O zinco acelera a cicatrização de feridas na boca, como as aftas, por exemplo. Ao primeiro sinal do aparecimento de uma afta, tome até 25 mg de zinco por dia, sob a forma de pastilhas, até a afta desaparecer. Atenção! Não exceda esta dose, pois o zinco em excesso é tóxico.

Prevenir o aparecimento de aftas

  • Evite alimentos que provoquem aftas. Entre os potenciais responsáveis, incluem-se trigo, centeio e cevada integrais, bivalves ou marisco de concha, ananás ou citrinos, figos, chocolate, tomate, pimentos-verdes e morangos. Para descobrir quais deles estão na origem das suas aftas (se é que alguns o estão), elimine todos esses alimentos da sua alimentação. Em seguida, reintroduza-os gradualmente, um de cada vez, para ver se algum deles provoca a reincidência do problema.
  • Coma diariamente iogurte que contenha culturas vivas de Lactobacillus acidophilus. Estas bactérias «boas» poderão ajudar a combater as bactérias nocivas para a boca. Como forma de prevenção, coma 3 ou 4 colheres de sopa de iogurte por dia.
  • Leia atentamente a composição da pasta dos dentes que usa habitualmente para vereficar se contém um ingrediente chamado laurilsulfato de sódio (LSS). Este agente para fazer espuma, presente em quase todas as marcas de pasta dos dentes, pode provocar aftas a algumas pessoas. E, na realidade, não é necessário para a limpeza dos dentes. Se costuma ter aftas com frequência, dirija-se a uma loja de produtos naturais e peça uma pasta dentífrica que não contenha LSS.
  • Pequenos cortes e arranhões no interior da boca também podem provocar aftas. Tenha cuidado quando comer certos alimentos, como batatas fritas e baguetes. Para escovar os dentes, prefira uma escova de dentes de cerdas macias para não agredir as gengivas.
  • Se tiver qualquer problema nos dentes que possa estar a irritar o interior da boca, consulte o seu dentista. As próteses dentárias mal ajustadas podem causar feridas na boca.
  • As pessoas que têm frequentemente crises de aftas podem sofrer de carência de vitaminas do complexo B. Experimente tomar diariamente um complexo de vitamina B. Atenção! Se sentir formigueiro nos dedos das mãos ou dos pés, pare imediatamente de tomar a vitamina. Para aumentar a ingestâo de vitamina B através da alimentação, consuma leguminosas (feijão, favas, etc.), germe de trigo e cereais de pequeno-almoço enriquecidos.
  • O stress pode causar o aparecimento de úlceras na boca porque estimula o sistema imunitário a reagir de forma exagerada contra as bactérias normalmente presentes na boca. Se sofre de stress, experimente uma técnica de relaxamento, como o ioga, ou procure eliminá-lo praticamente exercício aeróbica.
19 Comentários
  1. 28 de abril de 2015
  2. 7 de janeiro de 2015
  3. 3 de junho de 2014
  4. 22 de dezembro de 2013
  5. 6 de novembro de 2013
  6. 8 de outubro de 2013
  7. 30 de setembro de 2013
  8. 4 de setembro de 2013
    • 12 de dezembro de 2015
  9. 30 de abril de 2013
    • 17 de agosto de 2014
  10. 11 de novembro de 2012
    • 17 de novembro de 2013
  11. 28 de setembro de 2012
  12. 15 de abril de 2012
    • 7 de junho de 2012
      • 17 de janeiro de 2015
    • 27 de dezembro de 2014
      • 26 de julho de 2015

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close