Skip to content
Remédios Caseiros

Tratamento caseiro para intoxicação alimentar

intoxicação-alimentar-remedios-caseiros-tratamentos-naturais

Tratamento natural para a intoxicação alimentar

A infecção alimentar ou  intoxicação alimentar é uma doença causada pela ingestão de um alimento contaminado por bactérias ou por toxinas. São frequentes as infecções alimentares causadas por salmonelas, que se transmitem por alimentos em mau estado. A ingestão de  salmonelas é acompanhada de gastrite grave. A contaminação decorre geralmente no manusear, preparar e conservar os alimentos. A temperatura ambiente elevada dos dias de verão ajuda a degradação rápida dos alimentos, o calor e a humidade tornam-se óptimos para as bactérias proliferarem, por isso, os cuidados a ter na confecção de comidas devem redobrar. Os alimentos devem estar o menos tempo possível fora do frigorífico.
Uma outra doença que também se transmite por alimentos contaminados é a brucelose cuja infecção é causada pela Brucella Mellitensis, uma bactéria que ataca cabras e ovelhas e se transmite ao homem pelo leite e pelo queijo não esterilizado.

Sintomas de uma intoxicação alimentar

É muito importante saber distinguir os sintomas para poder fazer o melhor tratamento. Os sintomas começam geralmente várias horas depois da ingestão do alimento contaminado e dependendo do agente bacteriano envolvido. São geralmente mais ou menos graves consoante o agente microbiano e a quantidade de alimento consumido. Podem surgir alguns destes sintomas: náuseas, vómitos, diarreia, dor abdominal, febre, dor de cabeça e cansaço.
Se a intoxicação alimentar  for ligeira, pode a diarreia e a dor abdominal serem os únicos sintomas de que o doente se queixa.
Homem com intoxicação alimentar
Forte dores de estômago é um sintoma de intoxicação alimentar

 

Cura natural para a intoxicação alimentar utilizando plantas

Vamos apresentar alguns remédios caseiros para a intoxicação alimentar, depois de fazer o que aconselhamos os desagradáveis sintomas deveriam desaparecer ao fim de um ou dois dias. Contudo, nos bebés ou pessoas idosas  pode ser muito perigoso, devendo chamar-se um médico logo nos primeiros sinais. Também precisará de cuidados médicos se tiver vómitos muito violentos que não consiga aguentar líquidos no estômago durante mais de 12 horas ou se a diarreia vier acompanhada de sangue ou persistir ao fim de 2 dias. Também deverá consultar um médico se tiver dificuldade em engolir ou respirar.E não se esqueça que o melhor remédio e prevenir uma intoxicação alimentar.

Fica aqui algumas curas naturais para intoxicações alimentares mais leves:

  • Decoção de dentes de alho. Uma cabeça para um litro de água. Deixe ferver 5 minutos. Beber uma chávena 3 vezes ao dia. Se preferir, pode tomar extracto de alho que não provoca mau odor corporal, toma-se 6 a 12 cápsulas de 100 mg repartidas pelo dia. Pode, se gostar, pode-os triturar, adicionar um pouco de azeite para fazer uma massa pastosa semelhante a maionese e barrar o pão e comer.
  • Salgueirinha- Infusão: 60 g de sumidades floridas para um litro de água a ferver. Deixa-se repousar 10 minutos e toma-se uma chávena 4 a 6 vezes ao dia.
  • Macieira- Decoção: 50 a 100 g de casca de macieira para um litro de água. Deixa-se ferver 5 minutos. Toma-se uma chávena 5 vezes ao dia.
  • Tomilho- Decoção: 100 a 120 g de sumidades floridas para um litro de água. Ferve até reduzir a metade. Fazem-se gargarejos com esta decoção.
  • Amieiro- Decoção: 30 a 40 g de casca especialmente de ramos novos. Deixe ferver durante 15 minutos. Tomar uma chávena 3 vezes ao dia.
  • Pilo-sela- Infusão: 50 g de planta fresca para um litro de água a ferver. Repousa 5 minutos. Adoce com mel e tome uma chávena 4 vezes ao dia.
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.